O governo Federal está estudando um plano de renegociação de dívidas dos caminhoneiros, segundo informou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. O governo também está pensando em como aumentar o transporte pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para caminhoneiros autônomos, entre outras medidas.

O Supremo Tribunal Federal (STF) tinha previsão de julgar nesta semana quatro ações respeito do tabelamento do frete mínimo para o transporte rodoviário de cargas. No entanto, o ministro e presidente da corte, Dias Toffoli, retirou os processos da pauta do plenário do tribunal.

O impasse entre contratantes de transporte rodoviário, que em geral consideram a tabela inconstitucional, e caminhoneiros já dura mais de um ano, após o frete mínimo ter sido aprovado. Na quarta-feira, grupos de caminhoneiros fizeram manifestações pontuais em estradas.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu