Liberação do FGTS pode conter “sangria”

Alguns economistas consultados pelo Estadão afirmaram que a liberação de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ser uma medida para estancar a “sangria” na atividade. De acordo com o economista-sênior da XP Investimentos, Marcos Ross, esse dinheiro deve melhorar o consumo no curto prazo, além de motivar uma retomada do mercado de crédito.

0 Comentários

Você chegou no final

Não há mais páginas para ler

Fechar Menu