A estagnação da indústria chegou ao ponto de fazer com que o setor detenha a menor fatia do Produto Interno Bruto (PIB) do País desde o final dos anos 1940, segundo informações divulgadas pelo portal Estadão. No ano passado, esse setor respondeu por apenas 11,3% da atividade econômica do País, sendo que não existem dados compilados de antes de 1947.

De acordo com o economista Rafael Cagnin, do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), a possibilidade de o ano de 2019 registrar um número menor ainda do que 2018 “é um risco que corremos e uma tendência que vem de longo prazo. Os países continuam avançando na indústria mais sofisticada, e o Brasil não”.

Segundo o Instituto, “nesse ritmo, a indústria brasileira caminhará para um porcentual do PIB inferior a dois dígitos, algo que pode acontecer dentro dos próximos dois anos se as tendências em curso de retrocesso industrial e de vazamento de demanda para o exterior continuarem”.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu