Um instituto privado de inovação nos moldes da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) será instalado na capital Porto Alegre. O instituto tem o objetivo de ampliar a gama de investimento em inovações tecnológicas e empreendedoras no estado do Rio Grande do sul, se caracterizando como um grande espaço de coworking e aceleração de startups. 

De acordo com Marciano Testa, presidente do Agibank e um dos idealizadores do projeto, a ideia surgiu da união dos centros tecnológicos Tecnopuc, Tecnosinos e Zenit, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Segundo ele, o foco do projeto, que é apoiado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) será nas fintechs, startups financeiras. 

A intenção do projeto é abrigar entre 200 e 300 empresas que estão em estágio inicial, se tornando, nas palavras do idealizador, “um local emblemático para a cidade”. Em Santa Catarina, a Acate reúne empresas de 26 áreas diferentes e conta com associados em todos os estados da Federação. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu