O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o investidor ainda está avesso ao risco, apesar de um ambiente internacional com juros baixos. Nesse cenário, ele indicou que o movimento do mercado financeiro é desafiador, mas que o Brasil está preparado para enfrentar crises externas.

“Para esse nível de juros, esperávamos um fluxo maior. O ambiente é favorável, mas a instabilidade aumentou. Hoje é um dia desafiador, mas o Brasil está preparado para enfrentar crises”, disse ele, completando que os problemas na Argentina, que elevou os juros para conter a desvalorização do peso, são parte desse cenário.

Para o presidente do BC, o cenário externo é de produtividade e crescimento mundial mais baixos e por tempo mais prolongado. Já para o Brasil, ele espera que resultados melhores sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil sejam apresentados nesta segunda metade do ano de 2019.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu