Lula não poderá sair da prisão para acompanhar o velório e sepultamento do irmão Vavá, que ocorrerá nesta quarta-feira às 13h. A juíza Carolina Lebbos, da Justiça Federal no Paraná, negou pedido do ex-presidente, que cumpre pena de 12 anos e um mês em regime fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A magistrada não acolheu o pedido da defesa e seguiu pareceres da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, que se manifestaram contra.

Se não tivesse protagonizado um circo durante dois dias em abril do ano passado, quando demorou para se entregar, Lula poderia ter obtido resultado diferente.

Tanto a PF quanto o MPF apontaram inúmeros riscos caso o ex-presidente fosse beneficiado com a “saidinha”, termo usado no jargão dos presos para saídas de prazo curto. Danos à ordem pública, possibilidade de fuga, protestos ou danos à integridade física do ex-presidente poderiam ocorrer.

As informações são do site O Antagonista e do jornal O Estado de São Paulo.

(a foto que ilustra a reportagem é uma montagem tirada da internet)

Deixe uma resposta

Fechar Menu