O lucro líquido contábil do Banco do Brasil fechou o primeiro trimestre em R$ 4 bilhões, o que representa um aumento de 45% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando o valor havia fechado em 2,7 bilhões. Em comparação com o último trimestre de 2018, lucro foi 5,3% maior. 

Em relação ao lucro líquido ajustado do banco, que exclui itens extraordinários, o valor somou R$ 4,2 bilhões nos três primeiros meses de 2019, um montante que é 40,3% maior do que aquele registrado durante o mesmo período de 2018. “Esse foi o maior resultado nominal em um trimestre na história do BB”, informou o banco, em comunicado. 

Segundo o banco, o resultado foi impulsionado pelo aumento da margem financeira, pela redução das despesas de provisão de crédito, pelo aumento das rendas de tarifas e pelo controle de custos. Entre os maiores bancos do país, o maior lucro no 1º trimestre foi do Itaú, que reportou ganhos de R$ 6,710 bilhões, um crescimento de 6,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

(Equipe do site) 

Deixe uma resposta

Fechar Menu