O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou nessa semana que o projeto de privatização da Eletrobras não seria colocado na pauta até o final desse ano. O anúncio foi feito depois de uma votação que tratava de problemas de algumas distribuidoras da estatal. 

“Informo e deixo claro nosso apoio em relação à não votação do projeto de lei da Eletrobras. Isso está garantido e será conduzido desta forma por essa presidência. Não votaremos o projeto de lei da Eletrobras neste ano”, afirmou Rodrigo Maia. 

No entanto, a venda das distribuidoras já havia sido aprovada e o leilão foi marcado para o dia 26 de julho. Essa decisão não será suspensa, mas depende da aprovação do Senado Federal e posteriormente de uma sanção do presidente da República para ser validada.  

A proposta faz parte de um projeto de autoria do deputado federal, Fernando Coelho Filho (DEM-PE), que foi lançado em agosto do ano anterior.  

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu