A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados cassou nesta quarta-feira (22.08) o mandato do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). A decisão ocorreu de forma unânime e condenou o parlamentar de 86 à perda do mandato pelo crime de lavagem de dinheiro. 

Maluf já estava afastado do cargo desde fevereiro deste ano, por decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele foi condenado pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) em dezembro de 2017, quando cumpria pena em regime fechado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. No entanto, teve prisão domiciliar decretada em março pelo ministro Dias Toffoli. 

De acordo com o corregedor da Câmara, deputado Evandro Gussi (PV-SP), deve permanecer a decisão tomada pelo Supremo. “O que a Mesa decidiu, no nosso entendimento, é que a ofensa menor em busca da garantia e da estabilidade do estado de direito no Brasil seria cumprir a decisão já que o deputado Paulo Maluf não renunciou e declarar assim a perda do seu mandato”, pontua. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu