O boletim Focus do Banco Central indicou que os economistas consultados pela instituição fizeram mais alguns ajustes na expectativa do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2019. Nesse cenário, eles revisaram esse crescimento em 1,23%, ante 1,24% na semana anterior, sendo que para 2020 não houve alteração na projeção de uma expansão de 2,50%.

Além disso, o mercado manteve a alta do índice oficial da inflação no país (IPCA) de 4,07% neste ano e de 4% no próximo, sendo que a meta do governo para 2019 é de 4,25% e, para 2020, de 4%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que o IPCA-15 subiu em maio 0,35%, acumulando em 12 meses alta de 4,93%.

Para concluir, a pesquisa semanal Focus mostrou ainda que a taxa básica de juros Selic deve terminar 2019 a 6,5% e 2020 a 7,25%, sem alterações. A pesquisa foi feita com uma centena de economistas.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu