A revolução dos dados já existe e está se aprimorando com a evolução da tecnologia e, além disso, depois de mudar a vida de todas as pessoas, eles irão modificar as empresas. Foi isso que informou José Renato de Mello Gonçalves, VP da Orange Business Services para a América Latina, em um artigo que foi publicado no portal especializado itforum365.com.br.

“A revolução dos dados já existe, mas está se aprimorando conforme a tecnologia evolui. O já não tão distante 5G vai trazer possibilidades que hoje em dia só são vistas em filmes, como as casas inteligentes, velocidades de transmissão muito acima da média e até cirurgias à distância graças à baixa latência. As informações que já são coletadas há alguns anos vão influenciar a experiência dos usuários, corporativos ou não. À medida que melhorarmos a experiência e a conectividade, teremos uma necessidade maior de analisar as informações geradas nessa interação. Segundo pesquisa da IDC, os mercados de soluções em Big Data e business analytics devem alcançar em 2019 a marca dos US$ 189,1 bilhões gerados, 12% a mais do que no ano passado”, comenta ele.

Nesse cenário, a jornada de dados deve ser usada de maneira mais eficiente e segura. “A coleta de informações é feita por meio de IoT, com os dispositivos transmitindo dados o tempo todo via internet. Não adianta possuir muitos gigas de mapeamentos de comportamento dos usuários, enquanto não desenvolvermos uma leitura correta e adequada dessas informações”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu