A pesquisa Sondagem Conjuntural, realizada trimestralmente pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) levando em consideração os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), indicou que os pequenos negócios irão bater recorde de empregos em 2018, com 500 mil novas vagas formais registradas no País. De acordo com Heloisa Menezes, diretora do Sebrae, novos empregos são impulsionados, principalmente, pela área da construção civil.  

“Os pequenos negócios têm sido os principais geradores de empregos no país e é muito bom constatar que os empresários que atuam no setor da Construção Civil têm dado uma valiosa contribuição para isso, pois sinaliza também uma recuperação da economia brasileira como um todo”, explica. 

Segundo a diretora, a tendência é de que o número de vagas no setor de serviços ligados a construção civil ainda pode aumentar. “Com as mudanças das regras de financiamento imobiliário, anunciadas recentemente pelo governo, que elevou o limite de valores dos imóveis que podem ser adquiridos com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a tendência de fortalecimento do setor é ainda maior”, conclui. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu