O coordenador do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (CENN) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Marcus Salusse, afirmou que as startups estão reinventando muitos serviços tradicionais. De acordo com ele, a maioria dos serviços que existem podem ganhar uma nova roupagem e se tornar mais úteis e práticos.

“Serviços como Uber, Airbnb e Spotify romperam com setores tradicionais. Em comum, todos têm a questão da tecnologia muito forte. O uso da tecnologia permite que os empreendedores satisfaçam as necessidades do público de maneira melhor, mais rápida, mais barata e escalável, beneficiando maior quantidade de pessoas”, comenta.

Nesse cenário, a Carona Verde, de Marcelo Burle, apostou em um serviço de mobilidade urbana que consiste em triciclos que circulam na ciclovia da Avenida Paulista dando carona gratuita às pessoas que precisam cruzar a avenida. Nesse caso a receita vem por meio de publicidade estampada no uniforme.

“Temos diversos clientes na região da Paulista e pensamos que usar bicicleta seria boa alternativa, porque cruzamos a avenida várias vezes por dia. Mas a logística de levar a bicicleta até lá seria complicada. Em viagem à Los Angeles, vimos um serviço semelhante e resolvemos replicar por aqui. Achamos a ideia muito boa por atender quem não sabe ou não têm condições de pedalar”, explica.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

Fechar Menu