O jornalista, principal apresentador do jornalismo do Grupo Bandeirantes, morreu na queda de um helicóptero que sobrevoava o Rodoanel em São Paulo. Ele tinha 66 anos.

Boechat havia ido a Campinas pela manhã e retornava à capital paulista perto do meio-dia, quando a aeronave caiu na Via Anhanguera. O helicóptero chocou-se frontalmente com um caminhão. O piloto também morreu. O motorista do caminhão foi socorrido e segundo os bombeiros sobreviveu.

O apresentador José Luiz Datena interrompeu a programação da Band nesta tarde para confirmar a morte de Boechat. Emocionado, ele afirmou que era “uma pessoa especial” e um dos maiores jornalistas do País. 

Emocionados, os colegas da Rádio Band News FM deram a notícia por volta de 13h50 desta segunda-feira.

O apresentador Eduardo Barão foi às lágrimas no microfone, lembrando o colega como o grande jornalista e colega que era. “Era um jornalista espetacular. Estamos chorando e vamos chorar muito ainda”, disse ele com a voz embargada. “Ele era insuperável!… É uma grande tristeza, uma dor no peito muito grande…”

Este post tem um comentário

  1. Fico triste pois o jornalismo brasileiro perde uma de suas figuras proeminentes. Meus sentimentos aos familiares e ao grupo Bandeirantes.

Deixe uma resposta

Fechar Menu